Page 12 - Prêmio Secap de Energia – 2019 :: Monografias premiadas
P. 12

Não bastasse nossa matriz ser uma das mais limpas no mundo, contando
          com 46,1% de fontes renováveis em 2019, o crescimento de nossa oferta interna
          de energia tem tido contribuição significativa das fontes renováveis.

               Destaque-se que, em 2019, o Brasil teve um crescimento do PIB da ordem
          de 1,1%, com crescimento no consumo final de eletricidade na ordem de 1,3%.
          Por sua vez, o consumo de biodiesel cresceu 9,3%, enquanto o de etanol regis-
                              1
          trou aumento de 11,1% .
               Nesse contexto, o Brasil não pode perder a oportunidade de planejar e
          debater políticas públicas que convirjam interesses e estratégias dos setores pri-
          vado e público em direção à construção de um mercado energético diversificado,
          inovador, eficiente e competitivo.

               A discussão do tema ganha relevância ainda maior em um ano de emer-
          gência em saúde pública de importância internacional, declarada mundialmente
          como pandemia pela Organização Mundial da Saúde em decorrência da infecção
          humana pelo novo Coronavírus (Covid-19), uma vez que o setor energético será
          item obrigatório na pauta de retomada do crescimento de qualquer país nos
          anos vindouros.

               A demanda global de energia diminuiu cerca de 4% no primeiro tri-
          mestre de 2020, com a maior parte do impacto em março, quando as medidas
          de confinamento se iniciaram em diversas partes do mundo. A demanda por
          carvão foi a mais atingida, caindo quase 8% em comparação com o primeiro
          trimestre de 2019. A demanda por petróleo também foi fortemente afetada,
          com uma queda de quase 5% no primeiro trimestre, principalmente devido à
          redução da mobilidade e da aviação, que representam quase 60% da demanda
          global pelo produto. Os mercados de energia elétrica, nuclear e de gás natural
          também sofreram retração. Estima-se que o impacto do Covid-19 na demanda
          de energia em 2020 pode ser sete vezes maior que o impacto da crise financeira
          de 2008 no setor .
                         2
               Nesse contexto de imensas transformações, impostas não apenas pelas
          mudanças recentes no setor no Brasil, mas pelos novos desafios que surgem
          nesse novo panorama global, é publicado o primeiro livro com o resultado do
          Prêmio Secap de Energia, idealizado pela Secretaria de Avaliação de Políticas




          1   EPE – Empresa de Pesquisa Energética.
          2   IEA - Internacional Energy Agency.
   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17